POR UMA INTERFACE ENTRE SAÚDE E EDUCAÇÃO PELO CAMINHO DA PEDAGOGIA HOSPITALAR: UM ESTUDO DE CASO DE ATUAÇÃO DOCENTE NO INSTITUTO NACIONAL DO CÂNCER (INCA)
PDF

Palavras-chave

Classe hospitalar. Pedagogia hospitalar. Educação e saúde. Legislação brasileira.

Como Citar

Gisele Reinaldo da Silva, & Rebeca Costa Silva. (2022). POR UMA INTERFACE ENTRE SAÚDE E EDUCAÇÃO PELO CAMINHO DA PEDAGOGIA HOSPITALAR: UM ESTUDO DE CASO DE ATUAÇÃO DOCENTE NO INSTITUTO NACIONAL DO CÂNCER (INCA). Revista Contemporânea, 2(1), 364–396. Recuperado de https://revistacontemporanea.com/ojs/index.php/home/article/view/88

Resumo

Este estudo propõe uma equiparação entre o que diz o arcabouço legal brasileiro acerca da pedagogia hospitalar e a ineficiência da oferta de classes hospitalares no Brasil, tornando a realidade discrepante do previsto em legislação, conforme a premissa deste estudo. Esta pesquisa parte de um levantamento bibliográfico acerca pedagogia hospitalar, no tocante às concepções teórico-críticas que norteiem sua prática qualitativa, para, em seguida, propor um estudo de caso pautado em duas entrevistas realizadas com docentes atuantes em classe hospitalar do Instituto Nacional de Câncer (INCA), no Brasil, a respeito dos desafios e demandas pedagógicas identificadas pelas profissionais no exercício docente. Concluímos que, no Brasil, ainda que as leis sejam consistentes no que tange aos direitos do indivíduo hospitalizado de acesso à educação de qualidade, a prática ainda se apresenta como utópica, haja vista a insuficiência da oferta de classes hospitalares no país, e a timidez de pesquisas com enfoque nesta temática na área da Educação.

PDF